6 dias atrás - por Yasmin Vitoria


Você sabe por que cachorros pequenos são Bravos? na postagem de hoje vamos falar sobre esses pequenos bravos!!!!Por mais que as cidadãos tenham aprendido a temer raças de cães mais robustas, como os Pit Bulls e os Rottweilers, inteiro proprietário de cachorrinho conhece que as criaturas mais raivosas geralmente são os cachorros de limitado posse. Porém qual é o justificativa para Pinschers e Chihuahuas se sentirem tão valentes?

Muita gente pergunta, por que cachorros pequenos são Bravos

Conforme indícios apresentadas pela Faculdade da Pensilvânia, nos Estados Unidos, cachorros pequenos conseguem, na realidade, ser mais agressivos do que muitos de seus similares . Nesses casos, esses bichos detêm superior tendência a latir, rosnar e investir em sentido a diversas cidadãos ou cães.

Anteriormente de desdobrarmos o comportamento desses bichos, é fundamental compreender o que é um cão de curto aspecto. Por definição, o termo “cachorro curto “se enquadra para os espécimes pesando menos de 9 kg, como é o caso das raças Dachshund, Chihuahua e Russell Terrier.

De contrato com um análise divulgado na Applied Bicho Behaviour Science em 2008, essas raças de diminutos posse possuíam mais tendência a morder uma pessoa do que as mais de 30 diversas raças avaliadas pela averiguação. Na vista dos cientistas, o dimensão limitado pode largar os cachorros mais temerosos e fazer com que eles ataquem em autodefesa . Dessa jeito , raças pequenos conseguem ser mais inclinadas a reagir defensivamente porque têm mais razões para temer.

Por outro lado, também é viável que a reatividade desses bichos seja um consequência do comportamento de seus donos. Os donos de bichos de estimação conseguem ser excessivamente defensores com as raças pequenas, obrando com que elas não socializem ou aprendam a reagir adequadamente a ocorrências estressantes.

Outro elemento que pode dispor gigante choque no elaboração da agressividade dos cachorros pequenos é a evolução das raças com o passar dos aninhos . Conforme essa teoria, o caso das mordidas dos cães de curto aspecto ser menos preocupante para os seres humanos pode possuir feito com que essa agressividade em nenhum momento fosse visão como alguma coisa prejudicial e continuasse a se refazer em comportamentos por inúmeras gerações.

Por encerramento, uns aprendizagens também encontraram uma relação entre o comportamento agressivo e o gene do motivo de elevação que transforma os cachorros diminutos. Em cotejo com cachorros enormes, cachorros diminutos tendem a dispor ansiedade de divisão mais crítico , em geral latir mais e são mais propensos a mictar em morada. Isso conseguiria evidenciar que a genética bicho desempenha longo função no comportamento agressivo.