2 meses atrás - por Yasmin Vitoria

Sabe como surgiu expressão amigo da Onça? Hoje vamos falar sobre esse ditado popular

Quando temos um amigo que está errado ou não é confiável em algo, podemos chamá-lo de amigo do jaguar. Mas de onde vem essa expressão? O cartunista pernambucano Péricles Albuquerque Maranhão, que trabalhou na popular revista O Cruzeiro na década de 1950, foi o responsável pela sua divulgação.

Porém, a frase nem sempre foi distribuída para todo o Brasil. Visto que surgiu como algo do campo, demorou algum tempo até que chegasse às grandes cidades e caísse nas preferências do povo. Então, vamos descobrir mais sobre a origem deste termo e como ele foi usado em todo o país!

Difusão da expressão

Na década de 1940, Péricles decidiu criar um novo personagem para aparecer nas páginas da revista e o batizou de Amigo da Onça. A criação foi uma proposta do então realizador Leão Gondim de Oliveira, notório adepto da personagem El Enemigo del Hombre, de Guillermo Divito (1914-1969) e publicada na revista Patoruzú de 1938.

O desejo de Gondim era ter uma figura muito carioca que tivesse fama de vilão e sempre tentasse superar as outras pessoas. Como inspiração, o cartunista compôs o tipo físico do personagem, pensando em um garçom que trabalhava no bar onde fazia o esboço de suas piadas que achava chatas.

Segundo Péricles, o mesmo garçom teria dito que queria isso Tenha vida! quando ele descobriu que estava ganhando dinheiro fazendo desenhos animados.

Logo o nome do personagem passou a ser sinônimo de alguém que é um amigo falso ou que coloca outras pessoas em situações delicadas e constrangedoras. Como as páginas de Péricles foram as mais lidas em O Cruzeiro entre 1943 e 1961, ano de sua morte, o termo se espalhou por todo o país e tornou-se extremamente popular.

Origens alternativas

Segundo alguns pesquisadores, essa expressão tem origem em uma história tradicional contada em seu interior. A história conta que um caçador contou a seus amigos como foi perseguido por um jaguar gigante durante uma de suas aventuras, alegando que escapou o mais longe possível e perdeu sua espingarda no meio do caminho.

Momentos depois, estando preso no meio da floresta, ele só foi capaz de gritar o mais alto que pôde para sair da situação. Em sua versão, o caçador teria alegado que seu grito foi tão alto que conseguiu deixar o animal apavorado, o que levantou dúvidas entre seus amigos: se essa história fosse verdade, você teria sido devorado, afirmavam.

Indignado com a falta de fé em sua história, ele teria respondido dizendo: Você é meu amigo ou amigo da onça? E então a frase amigo do jaguar se tornou um símbolo de amizades duvidosas.

 

Várias conotações

Embora o termo amigo da onça-pintada tenha surgido há quase oito décadas, ainda é conhecido entre os brasileiros e utilizado por diferentes gerações. Embora tenha sido usado para rotular alguém como ofensivo ou pejorativo, nem sempre tem o mesmo significado.

Em alguns casos, pode ser usado de forma descontraída entre amigos de verdade para tirar sarro de uma situação. Alguns grupos de pessoas costumam participar do jogo Amigo do Jaguar, que é muito parecido com o Amigo Oculto, mas substituindo os presentes dados por algo considerado inútil ou sarcástico.

<