3 meses atrás - por Yasmin Vitoria
medo do escuro


O pavor é medo do escuro uma sentimento regular a todos os seres humanos. Por grandes que sejam as dissemelhanças entre uma indivíduo e outra, há emoções e atributos que todos nós compartilhamos. O temor é uma dessas traços compartilhadas e também é um foco de gigante desejo da ciência.

É bastante interessado, por modelo, que uns medos sejam compartilhados e assistidos com constância. Por modelo , não é raro as cidadãos terem pavor de altura, de sombra, de bichos peçonhentos, etc. Entretanto você já findou para raciocinar o que pode achar-se por trás desses “medos comuns”? Talvez ainda sejam necessários uns aninhos para essas soluções serem totalmente encontradas, no entanto estamos produzindo progressos. Um novo análise, divulgado na publicação Plos One, se sugere exatamente em assimilar porque as cidadãos tem pavor de sombra.

Medo do escuro por que muitos tem medo?

Não é sigilo que a iluminação desempenha um folha necessário na vivência do ser ser humano . Desde seus primórdios , os humanos sempre usaram a iluminação do sol para nortear suas rotinas . Era decorrer a iluminação do dia que todas as afazeres costumavam ser praticadas , no tempo em que a noite servia para o repouso . O advento da iluminação artificial e o dominação do chama ajudaram a alterar um pouco essa conexão , entretanto até atualidade o ser ser humano prossegue sendo regido principalmente pela iluminação do sol .

Cientistas da Faculdade Monash e da Faculdade Religiosa Australiana se debruçaram no dispositivo por trás do folha do sombra na consciência . Conforme o análise divulgado , os cientistas descobriram que a iluminação pode possuir um resultado no pavor e no núcleo de processamento emotivo do cérebro , uma Espaço convocação amígdala . Pioneiro os experiências foram realizados em roedores e após em voluntários humanos.

O análise envolveu 24 participantes que foram sujeitos a fMRI quando eram expostos a iluminação moderada (100 lux) ou iluminação enfraquecida (10 lux ). A fMRI autoriza que os cientistas vejam as Espaços cerebrais ativadas em tempo verdadeiro, vendo as modificações no movimento sanguíneo no cérebro. Os cientistas descobriram que quando os participantes foram expostos à iluminação moderada, a função da amígdala em fMRI foi menor em cotejo com quando eles foram expostos à iluminação enfraquecida.

Afora disso , a amígdala também está conectada a uma local do cérebro convocação córtex pré-frontal ventromedial (vmPFC), que está envolvida no processamento de ordem superintendente de perigo , explicações emocionais e receio . Essa local do cérebro desempenha um folha grave na regulação da exercício da amígdala e é principalmente essencial na anulação de soluções emocionais . Os autores do Derradeiro análise também descobriram que a iluminação não só suprime de modo direto a exercício da amígdala, entretanto também parece acrescer a conectividade entre a amígdala e o vmPFC , o que pode justificar como a iluminação beneficia a regulação sentimental.

“A iluminação é uma instrumento terapêutica eficiente para complicações de humorismo. Mostramos que a iluminação enfraquecida a moderada suprime a ativação da amígdala e intensifica a conectividade da amígdala-vmPFC. Esses resultados conseguem ajudar de modo direto para os resultados da iluminação que elevam o humorismo por meio de um processamento emotivo perfeito, e uma encolhimento na comoção alusiva ao temor“, disse um parte do matéria.

É claro que serão ainda necessários novos análises nesse questão para iluminar indiscutivelmente como dá certo esse maquinário, no entanto parece ficar claro que há sem desvios uma convivência entre os elementos.